terça-feira, 29 de agosto de 2017

Conto: Tinderela Nunca Mais - A Procura do Amor na Era Digital 2 - RM Cordeiro

    Olá, olá, olá!
Gente, estou me sentindo muito velha! Velha, gorda e estranha. Quem já leu ou assistiu Bridget Jones? Estou me sentindo meio assim. Acima dos trinta, acima do peso e todo mundo querendo me casar, hahahaha. Enfim, hoje estou aqui para falar não da Bridget Jones, mas, da nossa querida  e azarada enfermeira Rafaela. Dessa vez venho com a continuação de Tinderela, mais um conto da autora parceira do blog RM Cordeiro. Beijo pro cê, Rê!

    Bora lá?

Imagem cedida pela autora

SINOPSE: Gustavo, descendente de italianos e trabalhador esforçado, tem duas paixões na vida: cozinhar e Rafaela. Nesse novo conto, agora contado pelo próprio Gustavo, podemos saber mais sobre esse personagem que causou uma grande virada na vida da nossa Tinderela. Mas, como será que isso aconteceu? Só lendo mesmo para saber se tudo acabou como mais uma investida furada na vida da nossa heroína ou se finalmente ela conseguiu acertar os ponteiros com o Universo e se deu bem no amor.

      No conto Tinderela - A Procura do Amor na Era Digital tivemos a oportunidade de conhecer Rafaela e suas desventuras amorosas através do aplicativo Tinder. Gente, nunca participei de nenhuma dessas redes sociais de relacionamentos, Tinder, Par Perfeito ou sei lá qual mais, não julgo quem usa, mas, definitivamente, não serve pra mim, hahah. Não sei se teria a paciência que vi a Rafaela desempenhar com cada encontro furado que ela arranjava. Ela sempre ia ao mesmo restaurante, e quando foi sozinha após muito tempo tentando encontrar alguém, ela teve a oportunidade de conversar com Gustavo, o garçom que sempre a servia. E Gustavo era afim dela, olha que lindo! E é desse ponto que começa o segundo conto, dessa vez a partir do ponto de vista do bonitão. 


Imagem MLC

     Gente, o Gustavo é o cara mais perfeito do mundo! Na verdade estou me tornando super repetitiva, pois em cada livro ou conto lido, encontro um ser perfeito e me apaixono por ele, hahaha. Gustavo entrou pra essa lista. E ele começa nos contando sobre como ficava, como reagia toda vez que a enfermeira entrava com um cara diferente no restaurante. Não importava o quão distante da mesa ele estava, ele dava um jeito de chegar até eles e servi-los. Sabe quando você tá tão afim da pessoa que qualquer um que te conheça bem o suficiente sabe que você é afim de fulano? Era o que acontecia com Gustavo, os outros garçons e até mesmo seu chefe o olhava tristemente quando Rafa entrava no restaurante. Mas, um dia a sorte esteve a favor dele, e o rapaz abordou a enfermeira que após um certo período de silêncio sorriu para ele. E, finalmente, Rafa aceitou o convite de Gustavo para um encontro. E tudo começou ali. O primeiro dia do resto das vidas deles, rs!


Imagem MLC

      A autora novamente me surpreendeu com a leveza da narrativa. Além de romântico é um conto divertido, e eu acho muito da hora quando isso acontece, quando o autor brinca de maneira que as palavras nos coloquem pra pensar e nos divirtam. Foi muito engraçado ler o ponto de vista do Gustavo, principalmente quando ele nos diz que a Rafa fazia algum tipo de comentário que deixava ele sem saber o que responder, mas, só quem leu o primeiro conto sabe exatamente o que significam as palavras que pra ele soam tão confusas. E foi isso o que mais me impressionou no personagem, o fato de ele ser esse amor de pessoa com a enfermeira sem julgar suas atitudes. Venhamos e convenhamos, mulheres que são vistas com mais de um homem são tachadas de promíscuas e tudo o mais, e ele não a viu assim, ao contrário, a viu como uma pessoa solitária que precisava de alguém que pudesse amá-la verdadeiramente. E isso é muito legal, não sei se sou capaz de amar alguém assim. Não posso falar mais nada! Só lendo pra saber, rs!


    Ainda hoje comentei com umas colegas que gosto dos contos de RM Cordeiro principalmente pelo fato de passar a sensação de realidade, nada mela cueca, hahahah. E mais uma vez, Rê, sua linda, me encheu de amor esse conto, meu coração ficou quentinho. 
     


     Então era isso, pessoas! Até amanhã.


Beijooooo

4 comentários:

  1. Yayyyyy 🎈
    Fico tão feliz ao saber que gostou dessa pequena leitura! Nunca tive a pretensão de fazer do Gustavo um homem perfeito, apenas alguém real mesmo e que pode sim, ser encontrado, na hora e momento adequados. Obrigada pelo carinho e apoio de sempre!!! Beijão procê <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Justamente por isso ele é tão perfeito, pelo fato de ser real. Eu é quem sou muito grata pela confiança!

      Beijoooo

      Excluir
  2. Olá Cecyyyyyy
    Esse segundo não conhecia, mas se é leve, divertido, romântico na medida exata e ainda por cima com uma pegada intimista e real, tô dentro!
    Adorei a indicação.
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luli!
      Resumiu tudo em uma frase, é tudo isso mesmo!

      Beijoooo

      Excluir