domingo, 9 de abril de 2017

{{BEDA}} Post nº 8 - Soneto de Shakespeare

Resultado de imagem para shakespeare
Imagem da internet

    Hey pessoas!
Todo mundo sabe que sou shakesperiana, mas, nunca posto nada dele. E pretendo mudar isso, então, teremos hoje sonetos do homem!

Soneto LXXXVIII


Quando me tratas mau e, desprezado,
Sinto que o meu valor vês com desdém.
Lutando contra mim, fico a teu lado
E, inda perjuro, provo que és um bem.
Conhecendo melhor meus próprios erros,
A te apoiar te ponho a par da história
DE ocultas faltas, onde estou enfermo;
Então, ao me perder, tens toda a glória.
Mas lucro também tiro desse ofício:
Curvando sobre ti amor tamanho,
Mal que me faço me traz benefício,
Pois o que ganhas duas vezes ganho.
Assim é o meu amor e a ti o reporto:
Por ti todas as culpas suporto.


(William Shakespeare)






   Lindo, né gente? Pra mim, fala de um amor um tanto quanto inacessível... O que você acha?

Beijooooo


4 comentários:

  1. Que soneto lindo flor, tudo que ele escreve, da a impressão de ir direto no coração. Hehehe amei bjs


    Taynara Mello www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tay!
      Lindo, né? Shakespeare era muito inspirado!
      Eu amo!

      Beijoooo

      Excluir
  2. Também não conhecia e ameeeei com certeza!!!
    Ameeeeeei esse momento Shakespeare e siiiim traga mais sonetos lindossssssss para compartilhar conosco.
    Bjsssss Cecyyyyyy
    Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obaaa!
      Que bom que gostou, em breve terá mais!

      Beijoooo

      Excluir