quarta-feira, 29 de março de 2017

Recado básico

    Boa noite, corações...
Sei que tinha prometido resenha para hoje, mas, estou ruinzinha!
Cheguei do trampo espirrando muito, com corpo ruim, e já acordei com a garganta fechada. Mais a limpeza da casa... Já viram, né? Corpo molinho, molinho... Resfriado veio com tudo!
Já tomei chá, daqui a pouco vai mais um, minha mana passou aqui em casa e deixou pastilhas pra garganta, e daqui a pouco vou dormir.

    Então, até amanhã!







    Só não estou assim por dois motivos: não sou menino e sou negra, hahahah!


Beijooooo


terça-feira, 28 de março de 2017

TAG: Amantes de Livros

    Oi pessoas!
Faz um tempão que não trago uma TAG pra cá, e como vocês sabem que eu amo TAG's, encontrei uma que achei a minha cara, hahaha. Sapeando por aí, encontrei no blog C de Cici, um espaço lindo e fofo, essa brincadeira que possibilita ao leitor conhecer um pouco mais sobre nossos gostos literários. Se bem que eu acho que vocês me conhecem muito bem, rs. E é só responder, mais fácil, impossível!

Bora lá?






1- Livro que está lendo no momento:




Presente da minha amiga blogueira querida Tati C. Comecei ontem, estou ainda no início, mas, já dei boas risadas no ponto de ônibus, rs. As GRANDES Aventuras de Daniella - L.L. Alves.


2- Último livro que leu:





Finalmente terminei o segundo livro da série. Amanhã sai a resenha de Perfeitos - Scott Westerfeld.


3- Escritora preferida:





Nunca tinha pensado nisso, mas, creio que seja Lygia Fagundes Telles. O post com mais visualizações da história desse cantinho é de uma resenha de As Cerejas. Ela manda muito, gente!

4- Escritor preferido:




Titio Sparks!!! Todo mundo sabia dessa, hahaha! Gente, quarta-feira ele tá na Capital, preciso ir pra Sampa urgente garantir meu autógrafo, hahaha!


5- Para você, um livro perfeito...



Aiiii gente... Tá bom, não vou falar nada! Orgulho e Preconceito - Jane Austen.

6- Um livro que merece ser lido várias vezes:




 Xiii, já deu pra ver que o homem reinou aqui nesse post, né? Acho que é ansiedade! Ele vem semana que vem e ainda não foi divulgado local! Por favor, Arqueiro, fale conosco!!! Ahahah! A Última Música - Nicholas Sparks, já li algumas vezes, amo muito!

7- Uma história de amor:



Pensei muito sobre qual livro iria colocar aqui, e pensei mais de uma vez focar no amor fraterno, mas, acabei vencida por esse livro do titio Sparks. O Melhor de Mim traz uma história linda do amor de Dawson e Amanda, um amor que durou muito e muito tempo.


8- Um guia de viagem:




Nunca li um guia de viagem, mas, esse livro se encaixa na categoria. Tenho certeza que não foi intencional, mas, Bella Crestan em Sob o Olhar Grego fez um tour pela Grécia com os leitores.

9- Um livro que poderia ter sido melhor:




Eu gostei de A Lista Negra - Jennifer Brown, mas, não gostei do final. Tive a sensação que a autora se esqueceu de enviar o último parágrafo para a editora, rs. Sei lá, o desfecho foi ok, mas, poderia ter sido ótimo!

10- Um livro que te fez chorar:



Vixi, tem que fazer uma lista, ahahah. Ah, um monte, mas, tenho essa foto do flagra no busão. Dançando Sobre Cacos de Vidro - Ka Hancock.

11- Livro mais rápido de ler:




Te Amo, Te Odeio, Sinto Tua Falta - Elizabeth Scott. Foi lido em um dia para cumprir a meta do Clube do Livro desse mês. Comecei por volta de 13:15 e encerrei mais ou menos 20:30. Muito bonitinho, gostei mesmo! Sai resenha na sexta-feira.


    Então era isso, chuchus! Amanhã tem mais!

Beijoooo

segunda-feira, 27 de março de 2017

Resenha #50: Wolverine Arma X - Barry Windsor-Smith

    Oie meus "zamores", tudo de boa?
Eu sei que hoje não é dia de post, mas, minha internet tem estado muito temperamental, e ela simplesmente ficou zoada na quarta-feira e não esteve em seus melhores momentos nos últimos dias. Ainda não está lá essas coisas, mas, melhorou. Então, pra compensar a ausência de post na quarta e quinta, essa semana terá post todos os dias, yey! E para comemorar isso, nada melhor do que uma resenha, e hoje teremos o jubileu de ouro das resenhas, hahahah. A de número 50. Então, pra tornar isso mais que especial, bora pra uma HQ, pois, já tem um tempinho (exatamente dois meses) desde a última resenhada.


    Bora lá?






SINOPSE: Um violento andarilho com um passado misterioso torna-se cobaia de um experimento biotecnológico ultrassecreto. Logan, ex-membro das Forças Especiais do Canadá, é capturado por um grupo de cientistas e levado a um complexo de pesquisa nas Montanhas Rochosas Canadenses.
Lá, sob direção do brilhante, inescrupuloso e enigmático Professor, Logan é submetido a um agonizante processo que visa despertar seus poderes mutantes e transformá-lo em Arma X - um incessante e indestrutível gerador de caos com garras de adamantium retráteis e habilidade de se regenerar de qualquer lesão.
O Professor deseja possuir e controlar sua máquina mortífera. Para atingir seus objetivos, alia-se a cientistas brilhantes, Carol Hines, a secretária e o doutor Abraham B. Cornelius, inovador imunologista procurado pelo assassinato de sua esposa e filho.
Os três invadem e torturam a mente e o corpo de Logan. Com o ímpeto de metamorfosear homem em monstro, os cientistas subestimam a força inabalável de Logan. E os resultados podem ser catastróficos.
Para todos os envolvidos, a vida torna-se mais preciosa, e a morte, iminente.
Nasce um Frankenstein moderno.



    Gente, essa foi a história de origem mais da hora que eu já li, (ainda existe uma outra chamada Wolverine Origens, não confundam!) serio mesmo. Mexeu bastante comigo, me deu agonia em diversas cenas e fiquei revoltada na maioria da leitura. Wolverine sempre teve um passado nebuloso, por assim dizer. Se formos analisar o primeiro filme do Wolverine ou X-Men 2, vemos apenas uma pequena porção do que realmente foi a transformação dele. Agora aqui nesta HQ, temos a certeza que foi muito pior do que o filme nos mostra. Aqui gente, o autor começa a estória com um homem, Logan, um agente do Serviço Secreto Canadense quase falido que se aposenta forçadamente e bem antes do tempo, que se mete em um monte de brigas por estar quase sempre bêbado. Então, ele é capturado por homens desconhecidos que o levam até uma instalação militar em uma localização completamente desconhecida. São as instalações do Projeto X, um programa ultrassecreto que tem o objetivo de criar um assassino perfeito. Logan foi selecionado para ser essa arma por ter um passado conturbado e um físico invejável apesar de toda a bebedeira. 

     Dentro das instalações, os leitores são apresentados a três pessoas muito importantes: Carol Hines, a secretária de bom coração e empática, doutor Cornelius e o Professor - ambos detestáveis - e esses três são os responsáveis por tornar o homem na máquina de matar. O Professor coordena todo o processo, começando pelo fato de incluir adamantium em seu esqueleto. Só que as coisas não acontecem da maneira esperada, como o fato de que eles não atentaram ao fato de que uma quantia demasiada de adamantium foi inserida nos punhos de Logan. Apesar desse pequeno deslize, esse excesso de adamantium acabou por se tornar garras na Arma X, garras essas capazes de cortar aço. Após essa fase, o corpo de Logan se adapta ao novo esqueleto e os três precisam implantar memórias falsas e condicionamento mental para destruir o livre-arbítrio de Logan e controlar o mesmo.




    Mais uma vez as coisas não saem como planejado, e a arma mortal começa a ter consciência mesmo com todas as drogas e a confusão mental, afinal, ele possui o fator de cura o que o ajudou a obter novamente o controle de sua consciência, porém, suas memórias nunca puderam ser resgatadas. Após conseguir se libertar dos fios que o controlavam, Logan fugiu das instalações. Só que não. Ele achava que tinha fugido para a floresta, só que na verdade ele estava em uma espécie de cativeiro, onde precisaria sobreviver como um animal, o Professor queria muito que ele acreditasse que era um animal, e fez de tudo para que isso fosse possível...



    Vemos nessa HQ como finalmente Logan se torna Wolverine, de onde ele surgiu, quais foram suas lutas internas, o que ele precisou passar física e psicologicamente para se tornar quem se tornou. A maior parte da trama acontece dentro do laboratório mostrando passo a passo da transformação, a Arma X está sendo o tempo todo monitorado por Haines e os cientistas se mostram satisfeitos  com cada avanço do monstro que estão criando. 
    Confesso que em algumas situações eu fiquei bem confusa, rs, fora que as cores utilizadas para representar cada quadrinho nos deixa bastante confusos também. Muita mistura de cores em algumas partes, ausência quase completa em outras, muitas bolhas, causando no leitor uma certa confusão, mas, creio que foi proposital para que a reação fosse exatamente essa, o que me faz tirar o chapéu para o ilustrador. Smith - que muito fez para dar uma sequência lógica para o enredo - finalmente, mostra aos fãs como Logan se tornou Wolverine. Já disse outras vezes aqui, Wolverine não é um herói fófis como vimos nos filmes. Ainda não assisti Logan, mas, pelo que tenho visto é finalmente o Wolverine que nós quadrinheiros estamos acostumados. É o herói que não se importa, que fala palavrão - não que eu goste, ao contrário, detesto palavrões - que mata sem dó, dá em cima da mulher dos outros, um escroto mesmo. E ao ler essa HQ, eu entendi o motivo de ele ser tão selvagem, tão animal: ele foi criado para ser exatamente isso.

    Apesar de eu ter falado esse monte de coisa, posso garantir que não falei nada, ahahaha. Não dei spoilers, yey!




    E mais uma vez a Salvat nos traz um gibi com uma diamagração de capa perfeita! Eu adorei, por mais que esteja simples, não precisa dizer mais nada.

Então era isso, chuchus, amanhã eu volto!

Wolverine Arma X - Barry Windsor - Smith. Suuuuper recomendo!


Beijoooo! ^.~

terça-feira, 21 de março de 2017

Dica de Livro: O Menino Maluquinho - Ziraldo

    Oi fofinhos e fofinhas, tudo de boa?
Estou passando rapidinho hoje só pra deixar uma dica de livro fófis para o público infantojuvenil, mas, que todo adulto ama de paixão.




SINOPSE: Na grande obra infantil de Ziraldo, verso e desenho contam a história de um menino traquinas que aprontava muita confusão. Alegria da casa, liderava a garotada, era sabido e um amigão. Fazia versinhos, canções, inventava brincadeiras. Tirava dez em todas as matérias, mas, era zero em comportamento. Menino maluquinho, diziam. Mas, na verdade ele era um menino feliz.

    Li a primeira vez aos onze anos e me lembro que chorei. É uma leitura fácil e divertida, cheia de ilustrações que nos remete a memórias nostálgicas. Ziraldo fez um trabalho perfeito aqui, tanto como autor como cartunista. Maluquinho é a representação de toda criança: livre, sapeca, amoroso, bagunceiro, esperto, e às vezes, tristonho. Passa por todas as fases, e como disse, nos dá uma sensação de nostalgia gostosa.




    Uns anos atrás fiz um Projeto Ziraldo com meus alunos do 6º ano, e O Menino Maluquinho foi leitura obrigatória. A maioria mão tinha ideia que era um livro e muitos nunca tinham sequer ouvido falar no Ziraldo. Fiquei pasma, como assim não conheciam o Ziraldo? Mas, após um projeto intenso, o resultado foi o único esperado: eles amaram! E tem como não amar?



    
    Essa semana li esse livro mais uma vez, para meus atuais alunos, e eles ficaram encantados. Ziraldo participou ativamente da minha infância, adolescência e ainda permanece aqui na vida adulta. E como disse lá em cima, passei rapidinho só pra indicar: leiam! É adorável!




    E ainda tem os dois filmes disponíveis no YouTube (filme 1 e filme 2) ambos com Samuel Rosa no papel principal, a série Um Menino Muito Maluquinho com o neto do Ziraldo como o Maluquinho adulto - aquele ator fofo que esqueci o nome dele, rs (episódio 1) - e ainda tem o filme Uma Professora Muito Maluquinha com a Paolla Oliveira.

   Espero que aproveitem a dica!

O Menino Maluquinho - Ziraldo. Editora Melhoramentos, 112 páginas. O meu tem a capa em alto relevo, linda demais! Recomendadíssimo!

***Fotos tiradas da internet

quinta-feira, 16 de março de 2017

Nicholas Sparks no Brasil em Abril!!!!

    Olá chuchus, tudo bem?
Ontem quase morri de gosto com a notícia que está no título. Sim, é isso mesmo, ninguém leu errado, não! Titio Sparks finalmente retorna ao país canarinho, uhuuulll!!!
Resultado de imagem para nicholas sparks


  O Instagram ontem estava em polvorosa com a notícia: a Editora Arqueiro informou no dia 14/03 - quarta-feira, mas, só vi ontem, rs - que o homem vem ao Brasil para lançar seu novo livro intitulado "Dois a Dois". Ainda não foi divulgada a agenda com as datas e cidades por onde Sparks passará, mas, em breve os fãs dele surtarão novamente. E eu, como fãzoca, já falei com minha irmã Rosana (que me viciou nele) e com minha máster amiga Quenia (alguém cujo eu viciei, hahah) e nós daremos um jeito de ir até lá. É mais fácil irmos Quenia e eu, e minha irmã pedir que eu leve um livro dela para ele autografar, hahaha. 

O livro tem previsão para ser lançado dia 03/04, mas, ainda não tenho maiores detalhes. 





SINOPSE: Com uma carreira bem-sucedida, uma linda esposa e uma adorável filha de seis anos, Russel Green tem uma vida de dar inveja. Ele está tão certo de que essa paz reinará para sempre que não percebe quando a situação começa a sair dos trilhos.
Em questão de meses, Russ perde o emprego e a confiança da esposa, que se afasta dele e se vê obrigada a voltar a trabalhar. Precisando lutar para se adaptar a uma nova realidade, ele se desdobra para cuidar da filhinha, London, e começa a reinventar a vida profissional e afetiva - e a se abrir para antigas e novas emoções.
Lançando-se nesse universo desconhecido, Russ embarca com London numa jornada ao mesmo tempo assustadora e gratificante, que testará suas habilidades e seu equilíbrio emocional além do que ele poderia ter imaginado.
Em Dois a Dois, Nicholas Sparks conta a história de um homem que precisa se redescobrir e buscar qualidades que nem desconfiava possuir para lutar pelo que é mais importante na vida: aqueles que amamos.

   Se é Sparks, é bom! E é super irônico isso, não sou fã de romances, gente, mas, amo de paixão o titio Sparks, acho que todos sabem que ele é meu autor favorito, né?

E como eu sou uma enxerida, fui lá no site da Arqueiro, entrei em diversas páginas, cacei até encontrar o Dois a Dois e achei uma página para baixar um trecho do livro. Só posso dizer uma coisa: EU QUERO!


   Então era isso, amores! Estou babando aqui pela notícia! Semana que vem tem resenha, eeeebaaaa!!!

Beijos e queijos!



quarta-feira, 15 de março de 2017

Pai

   Estou meio saudosa, hoje é niver do meu pai.
Então, deixarei apenas isto:





Beijoooo

terça-feira, 14 de março de 2017

Entrevista com Bella Crestan

    Olá pessoas lindas, tudo de boa?
Estou bem também. Quero primeiramente desejar feliz aniversário para meu querido colega Márcio do blog Um Baixinho nos Livros. Muitas felicidades, querido!!! E para quem não conhece o blog do Márcio, recomendo dar uma passadinha por lá, tenho certeza que vocês não se arrependerão e serão muito bem recebidos!

    Galera, um tempo atrás eu falei da parceria com a Bella Crestan por aqui, e depois trouxe a resenha de Sob o Olhar Grego - um dos meus queridinhos do ano. E hoje, vou trazer a entrevista em vídeo com a autora. Gente, a Bella é muito engraçada, vale a pena assistir até o final, eu me diverti com as respostas dela! Falamos um pouquinho sobre suas aspirações como leitora, sobre o livro e sobre a pessoa Bella e a autora Bella.


Imagens cedidas pela autora


    Mas, antes, bora conhecer um pouco mais da autora, que tal?

Bella Crestan é típica paulista, nascida em São Caetano do Sul (que tem uma lanchonete no centro  que eu não lembro o nome, mas, que vende um açaí com castanhas maravilhoso, rs). Formada em Administração em Comércio Exterior com MBA em Sustentabilidade e Gestão Ambiental, trabalha no departamento financeiro de uma editora. Mas quis o destino que aos 25 anos sua paixão pela literatura falasse mais alto que os números, então, dedicou-se a escrever contos e narrativas do cotidiano em um blog e investiu parte de seu tempo em aulas de escrita criativa.
Sob o Olhar Grego é seu romance de estreia, e de cara já envolve os leitores ao misturar uma história de amizade e amor numa ilha paradisíaca com o drama do assédio psicológico. Uma leitura fácil que diverte e faz refletir. Ficaram curiosos? 
Bora lá?






   E aí, o que acharam? Eu dei boas risadas! E quem ainda não adquiriu o livro, a Bella está no Instagram, é só entrar em contato com ela. Ou direto no site da Editora Alternativa Books. Tenho certeza que todos vão gostar! O preço está da hora e a entrega é rápida, não percam tempo! 

Até amanhã, povo, e Marcito, parabéns de novo! Aqui abaixo fica minha singela homenagem a você, rs. E, desculpa a imagem, não resisti, hahahaha!!!





Beijooooo

segunda-feira, 13 de março de 2017

Conhecendo Bianca Gulim | Parceria

    Aí na quinta-feira era dia de postagem, mas, a família do firinfimfim chegou por aqui e todo mundo usou meu wi-fi, pesou a internet - além de me alugarem, rs - e não consegui usar legal até hoje. Então, para compensar a ausência de post de quinta, extraordinariamente, hoje teremos post. 

Então, bora começar do começo, rs. Oi galerinha, cês tão bem? Eu também tô... E hoje trouxe algo show de bola!

    Sem mais delongas...



Imagem cedida pela autora


     Bianca Gulim tem 26 anos, nasceu e mora em São Paulo. Formada em Administração, com especialização em Recursos Humanos, hoje se dedica totalmente à escrita. Sempre foi leitora voraz de ficção e fantasia, com uma forte tendência a sagas distópicas e vampirescas. Começou a escrever seu primeiro livro - 2323: Sobreviventes do Caos - em 2015, quando descobriu sua vocação para escritora.

    Demais, né? Ainda não li, vou ler com as meninas do Clube de Jane Austen na leitura de abril, mas, não vejo a hora de começar. Eu deixei a sinopse de Sobreviventes do Caos num post esses dias, mas, para quem não viu - que feioooo - clique aqui pra ver o post que eu relevo, hahahah.

     E sabe o que é o mais legal? A Bi está em tudo quanto é rede social, mas, como eu sou antissocial, só tenho ela no Instagram, rs. 
    E sabe o que é mais legal ainda? Ela disponibilizou todos os endereços para ser encontrada facinho, facinho.

Encontramos o perfil Sobreviventes do Caos nas redes descritas aqui embaixo:

E encontramos o perfil da autora nestas redes aqui ó:

    E sabe o que é muito, mas, muito mais legal? O e-book Sobreviventes do Caos está com um precinho "Ó - TE - MO" (rs!) na Amazon, gentemmm. Só R$2,99. What?!? Sim senhor(a)/senhorita, apenas R$2,99. Não acredita em mim? Então, faz o seguinte: clica na imagem abaixo e veja com seus olhos que a terra há de comer, heheheh...






    O que estão esperando? Corram pra lá! Eu já tenho o meu, rs!

Gente, vou ficando por aqui. Amanhã vou trazer a entrevista com a Bella Crestan, está muito divertida, eu adorei. Bianca, linda, chuchu, um beijo pro cê! Tá bom, tá bom, não precisa dessa ciumeira, beijos pra todos vocês, rs!


Imagem MLC

   E no sábado a tarde, Finch deitado na minha cama, embaixo do meu braço, se espreguiçou. Se mexeu, se mexeu, se mexeu, e quando parou, continuou dormindo, mas... Se liguem no detalhe da língua? Ahahahaha! Amo esse gato, gente!

quarta-feira, 8 de março de 2017

Resenha #49: Encanto - Tricia Rayburn

    Oi chuchus, tudo bem?
Antes de mais nada: feliz dia internacional da mulher. Mamy, irmãs, sobrinhas, primas e amigas, sintam-se abraçadas! Ah, as agregadas, minha Cunha e a namorada do meu outro irmão, parabéns pra vocês também. Não dá pra encaixar vocês como família, vocês sabem, hahahah!






    E como hoje é o nosso dia, vou fazer uma resenha com uma protagonista forte e irritante: Vanessa Sands, da série Sereia, hahaha.

Bora lá?


Imagem MLC

SINOPSE: Nada tem sido normal na vida de Vanessa desde que ela descobriu que sua irmã foi morta pelas sereias - mulheres fatais das profundezas marinhas - e que tudo que sabia sobre sua família era falso. Seu namorado, Simon, sempre foi o porto seguro de Vanessa, mas agora ele está de volta à faculdade numa cidade distante, e ela acaba se envolvendo com o lindo e popular Parker, seu colega de escola. Repensando seu relacionamento com Simon e incerta sobre as intenções de Parker - e sobre as suas em relação a ele -, ela está mais perdida do que nunca. Assustada com tudo que vem descobrindo em relação a si mesma e à sua família desde que se transformou em sereia, Vanessa nunca se sentiu tão só. Agora, Vanessa precisa entender seu passado e aceitar que é tão fascinante e perigosa quanto suas adversárias.


    Então, a Vanessa se tornou uma sereia. E o mais da hora: sem cauda! Adorei isso, gente! Tudo  bem que são as caudas que nos levam a imaginar o inimaginável, mas, sereias sem cauda acabam sendo um pouco mais reais, sabe. Enfim, a Vanessa estava naquelas de colocar sal na água, jogar sal no corpo durante o banho, pois, seu corpo sentia necessidade de sal tanto por dentro quanto por fora. E agora que ela sabia a influência que ela causava nos homens, começou a questionar os sentimentos de Simon por ela. Ela amava Simon e sabia disso, mas, quem Simon amava? A amiga de infância ou a criatura que habitava aquele corpo?

    Vemos aqui nesse livro uma Vanessa muito mais confusa. No primeiro livro ela teve sim suas dúvidas, mas, era uma pessoa forte e determinada. Agora vemos uma menina mimada que não consegue perdoar o pai por ter traído sua mãe - afinal, se ela era uma sereia, ela vinha de uma linhagem de sereias, como sua mãe não era uma, houve uma traição e sua mãe tomou uma guampa, rs. Ao invés de perguntar ao pai, agiu o tempo todo como uma menina mimada, e isso me irritou. Mas, o que ela fez com Simon foi pior ainda.

    Apareceu um carinha na escola, que da cidade inteira era o único que era indiferente à ela, mas, com o passar do tempo, ele passou a atrair a atenção da moça e se sentir extremamente atraído por ela. Vanessa não tinha orientação nenhuma, não conhecia outra sereia para poder entender o que rolava com ela. Aliás, conhecia Betty, que estava super distante, e Paige não tinha se transformado, ou seja, estava sozinha. Tomou todas as decisões erradas possíveis e se vitimizou muitas vezes. Acabou se tornando irritante. Descobriu alguém de seu passado que poderia ajudar a entender melhor sua situação, respondendo suas perguntas e lhe mostrando o que ela era e o que poderia ser. Até que essa pessoa fala algo sobre Simon que quebrou meu coração e tive vontade de chorar.


Imagem MLC

    A moça precisava derrotar novamente as vilãs da história, porém ela não estava sozinha dessa vez. Recebeu ajuda de quem ela não imaginava, e viu que Simon era tudo e muito mais do que ela poderia esperar, mas... Noss, vou parar por aqui, quase entreguei o jogo, mano! Agora, algumas coisas que não se deve passar batido: Vanessa está confusa, atordoada e desesperada por respostas e estressada, e ela desconta tudo em quem? No pai dela. Mimada! Aí o Simon que é o amor da minha vida - e da vida dela também - que ela alega que eles nasceram um para o outro, o cara que está sempre sendo sincero com ela, e ela faz o que? Mente, engana, trai, faz tudo errado. Imatura! Parker, que eu não sei o que ele está fazendo nesse livro, a não ser tirando a minha paz, ainda tenta ser um carinha da hora, e o que Vanessa faz com ele? O usa da maneira mais descarada possível. Rasa! Sua mãe ainda é seu porto seguro, e apesar de ela soltar indiretas o livro todo tentando dar alguma brecha para a mãe falar sobre sua verdadeira origem, ela a ama incondicionalmente. Abnegada! Paige fica dando uma de louca lá querendo o que não se deve, a Vanessa ainda tenta tirar tais as ideias da cabeça dela sem saber se será bem sucedida ou não. Protetora! Desconfiada de tudo, vai atrás de Betty e Oliver em Winter Harbor e quando sente o perigo, ao invés de sair correndo de lá, ela vai cada vez mais fundo, sendo que ainda não sabe o que fazer ou como lidar com a situação e acaba logicamente se ferrando. Idiota! Hahahaha! Como vocês viram, nesse livro Vanessa despertou diversos sentimentos em mim, não sei dizer bem como me sinto em relação a ela, rs. E no final do livro, sabe aquele velho ditado que diz que é preciso perder para descobrir o valor? Isso acontece! E parte meu coração!

    Encanto é um livro cheio de altos e baixos, a autora Tricia Rayburn soube construir seus personagens de maneira sólida com dor e desespero palpável. E cenários maravilhosos. E me deixou com medo de sereias, o que nunca tinha acontecido, uma vez que sou uma, hahahahah! Fiquei com diversas pulgas atrás das orelhas, mas, creio que tudo será explicado no terceiro livro que eu já deveria ter terminado de ler, mas, estou enrolando, rs.
Falando na Tricia, gente, ela é uma fófis! Eu deixei um recado no Instagram dela e ela me respondeu! Pensa na emoção! E ela disse que me entende quando digo que o Simon é o homem da minha vida - ao menos por enquanto, hahahah, até eu pular de amor, heheh

Encanto (Undercurrent) - Tricia Rayburn. 318 páginas, Editora Verus. Apesar de ter ficado irritada com a protagonista, eu gostei!

   Então era isso, meus amores! Parabéns aê, "muierada", e abaixo tem a foto da mulher mais importante do mundo pra mim, minha rainha, meu coração, minha estrutura e meu chão! Te amo, Mamy!


Beijooooo ^.~



Love you, mom!

terça-feira, 7 de março de 2017

TAG: Eu Nunca

    Hey people!!! Did you miss me?




    Eu senti muito a falta de vocês, mas, hoje estou aqui para voltarmos oficialmente a rotina de posts três vezes por semana. E para abrir essa etapa nova, comecemos respondendo a TAG que a Mônica, minha querida amiga do blog Leitora Cretina me indicou quando o blog estava de férias. A TAG foi criada por  LizziefayesLovesBooks e traduzida por Paulo Ratz do blog Livraria em Casa. Prometo tentar não colocar as respostas óbvias, tá?


Imagem MLC


Bora lá?

1 - "Eu nunca li isso" - Um livro que você não leu, mas que aparentemente todo mundo já.




Nunca li A Culpa é das Estrelas. E nem pretendo.

2 - "Eu nunca li algo tão maravilhoso" - O seu livro favorito.

Imagem MLC


Não preciso pensar muito pra responder: Orgulho e Preconceito. Desculpem, essa foi óbvia, rs!

3 - "Eu nunca imaginei que conseguiria terminar isso" - Um livro ou uma série que você não curtiu, mas, foi até o fim.




Demorei muito para ler Viagem ao Centro da Terra. Pensei que não conseguiria, mas, com a motivação certa, cheguei ao fim.

4 - "Eu nunca vou terminar isso" - Um livro ou uma série que você abandonou.




Foram vários, mas, vou falar aqui de Mulheres, Comida & Deus. Não tem grilo, se o negócio não rende, eu paro sem dó!

5 - "Eu nunca vou me arrepender de ter lido isso" - Um livro que você leu por recomendação de alguém e acabou gostando.




Livro indicado por Rebeca Fonseca, apesar de ter sido um dos mais fracos que li no ano passado, não me arrependerei de ter lido A Lista Negra.

6 - "Eu nunca faria isso" - Um personagem que tomou alguma decisão ou fez coisas que você não concorda/faria.

Imagem MLC



No lugar de Vanessa Sands, em Sereia, eu sempre diria a verdade para Simon e sempre, sempre escolheria ele.

7 - "Eu nunca quero ter que admitir que li isso" - Um livro que você tem vergonha de ter lido ou de ler em locais públicos.



Quem me conhece sabe que morro de vergonha de ler alguns livros, mesmo sozinha em casa, hahah. Li em casa, mas,não leria em público.

8 - "Eu nunca li algo tão fofo" - Um livro que tocou seu coração.





Apesar do toque sombrio, não posso negar: Olhos da Deusa é uma fofurice que só!

9 - "Eu nunca ri tanto" - Um livro que te fez rir alto.


Imagem MLC



Como não rir das aventuras de Be em Sob O Olhar Grego?

10 - "Eu nunca teria sobrevivido minha infância sem ter lido esse livro" - Um livro favorito da sua infância.




Eu não teria sobrevivido sem a coleção Mico Maneco de Ana Maria Machado e Claudius. Era a coisa mais linda do mundo ler aqueles textos rimados na época da minha alfabetização.

    Então era isso, povo fófis!
Obrigada Mô por me indicar pra responder essa TAG tão da hora. Indico para responder:


Amanhã é dia de resenha, eeeebaaaa!!!!

Então é isso, amores! Não precisa mais sentir falta, estou voltando!

Beijooooo




Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por