quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Resenha #41 - Poseidon - Anna Banks

     Hello, Sweeties...
Espero que esteja tudo mara com vocês. E aproveito para explicar o motivo pelo qual sumi dos cantinhos de vocês: uma vez eu disse que em todas as férias meus irmãos desovam os meus sobrinhos aqui pra mim, lembram disso? Pois é, dessa vez eu disse que iria viajar. E vou mesmo, a filha da minha melhor amiga nasceu, e daqui uns dias vou ao Paraná para conhecê-la. Apesar de não ser católica e não batizar bebês, já falei que sou a dinda da pequena. O xarope é que a cadelinha da minha amiga se chama Dinda, quando essa menina começar a falar, vai me confundir com a bichinha... Mas, vai demorar bastante até isso acontecer, hahaha.

    Ainda não estou no Paraná curtindo minha afilhada, mas, após voltar da casa do meu irmão (onde passei o ano novo e machuquei o joelho), fiquei só um dia em casa  e fui para o sítio da namorada do meu outro irmão, e lá não pega internet, fiquei desconectada. O que foi ótimo, confesso!
Mas, enfim, não estou aqui para falar sobre onde eu estava ou tals, mas, para fazer uma resenha de um livro super show, que é Poseidon. Bora lá?

Imagem Mundo Literário da Cecy


    Poseidon é o primeiro livro da trilogia O Legado de Syrena e a parte xarope é que só o primeiro livro foi traduzido. Eu tenho que melhorar e muito meu inglês, e sou boa no reading, e um amigo meu já me disse que eu melhorarei muito meu talking se usar mais isso como ferramenta. Até tenho dois livros aqui em casa em edição bilíngue, mas, ambos são clássicos e eu tentei ler em inglês e não estava entendendo patavinas. Taí, vou tentar ler em inglês. Focus, Cecília, focus!

SINOPSE: Além da beleza fora do comum, com seu cabelo quase branco e seus olhos cor de violeta, Emma chama a atenção por ser um pouco desajeitada.
Ela não se sente muito à vontade em lugar nenhum... e não sabe que sua misteriosa origem é a fonte dessa sensação.
Galen, o príncipe dos Syrenas, vasculha a terra procurando uma garota especial, capaz de se comunicar com os peixes - e que poderá salvar seu reino. Quando ele se encontra com Emma, a conexão é imediada: embora não saiba, Emma parece ter o dom que Galen procura. Mas, então, por que ela não conseguiu salvar sua melhor amiga do ataque do tubarão?
Cabe ao príncipe convencer a teimosa Emma a enfrentar sua real natureza e aceitar o desafio. E nada pode impedi-lo de alcançar seu objetivo.

    Gente, pensa num livro bonitinho! Vocês estão ligados que estou relembrando da minha fase sereia, e esse foi o primeiro dos muitos livros de sereias que ando lendo por aí. Poseidon é sobre amizade, família e amor. Narrada por dois pontos de vista - Emma narrando em primeira pessoa e um narrador contando o ponto de vista de Galen na terceira pessoa, Poseidon traz um enredo sobre uma menina que se vê apaixonada ao mesmo tempo que perde a melhor amiga. Tá, do começo:

    Emma é uma pessoa tímida e desastrada. Curtindo as férias na praia com sua melhor amiga ela dá literalmente uma trombada em Galen, um moço lindo que tem os olhos da mesma cor que os de Emma: violeta. Galen e Emma sentem uma conexão imediata, mas a irmã dele, Rayna - que também têm olhos violeta - e a moça sentem uma antipatia imediata. Emma e a amiga entram na água flutuando em uma prancha, quando a amiga é atacada por um tubarão. Emma faz o impossível: ela luta com o tubarão pelo corpo da moça. Galen é um príncipe Syrena do reino de Tritão e embaixador dos mares em terra firme, e acompanha o desespero de Emma para salvar a amiga. Ele tem certeza que Emma é diferente, mas, não consegue entender o motivo pelo qual ela não salvou a amiga. Então, ele decide se mudar para a cidade da moça, entrar na mesma escola que ela, fazer as mesmas aulas para que ele possa realmente descobrir mais sobre Emma.


Imagem da internet


    Ao passar mais tempo com Galen, Emma finalmente descobre sobre ele e Rayna, e o príncipe diz a Emma que de alguma forma ela também é uma Syrena. Ela não acredita, mas, suas habilidades não negam: apesar de ter medo de água, Emma conseguia prender a respiração por muito tempo debaixo da água e de alguma forma conseguia se comunicar com animais marinhos, o que levou Galen a revelar que ela era uma descendente de Poseidon. Os descendentes das casas de Tritão e Poseidon precisavam se casar para manter seus reinos unidos, e Emma deveria ser prometida para o irmão mais velho de Galen, Grom, que muito tempo atrás tivera uma noiva da casa de Poseidon que desapareceu sem deixar pistas. Falando em casamentos, o alívio cômico do livro fica por conta de Rayna e Toraf, o melhor amigo de Galen. Ele é apaixonado por Rayna desde adolescente, e mesmo ela estando em em terra com Galen, Grom uniu os dois e agora Toraf passa quase metade do livro sendo espancado por Rayna. Até que arma um plano com a ajuda de Emma para saber o que a princesa realmente sentia por ele, causando risos no leitor. Algo que achei bem curioso, é que durante uma das aulas com Galen, Emma usa a expressão "sereia" para se referir ao povo do mar, e Galen afirma que eles simplesmente odeiam ser chamados dessa maneira.

    A atração entre Emma é Galen é sólida, mas, o príncipe tem toda a questão da ética para lidar, apesar de não ter revelado para seu irmão que conheceu uma possível esposa, e, simultaneamente, passa a dar aulas para Emma no oceano, para que ela desenvolva rapidamente sua cauda - o que não acontece jamais. Emma passa por grandes emoções e transformações ao lado de seus novos amigos, desenvolve seu talento de Poseidon e passa a tentar se aceitar. Amizades sólidas são formadas, muitas e muitas brigas acontecem, o temperamento forte de Emma a torna impulsiva e teimosa e Galen - que não está acostumado a ser contrariado por ser da nobreza - fica cada vez mais confuso com o que fazer: o que se quer ou o que se espera. O livro termina com uma grande revelação que faz uma reviravolta no enredo, e tudo o que lemos toma um novo rumo. E só continuando pra saber, hahaha.

   Gente, juro que tentei dar o mínimo de spoiler possível e acho até que consegui!

Amanhã passo por aqui novamente com coisas novas. Quanto ao livro, super recomendo! 

Poseidon (Of Poseidon) - Anna Banks, editora Novo Conceito, 288 páginas.



Imagem da internet

    Essas são as capas maravilhosas dos livros: Of Poseidon,  Of Trion e Of Neptune. Quero todos!

10 comentários:

  1. Parece ser um livro muito bom, mas não sei se eu leria porque não "manjo do inglês" para ler os outros que não foram traduzidos, e iria ficar bem ansiosa para saber da continuação hahah
    Mas adorei a sua resenha, como sempre! Uma boa viagem para o Paraná e que você curta muito sua afilhada <3

    Beijos
    https://menteviajantee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida! Eu entendo, eu já tinha começado a ler quando descobri que era trilogia, mas, a história estava tão boa que não tive coragem de desistir...

      Que bom que gostou, e obrigada!

      Beijoooo

      Excluir
  2. Cecy sua lindaaaaa ♥♥♥♥
    Confesso que ainda não conhecia esse livro, mas depois da sua resenha eu quero muito, muito mesmo, mas terei um problema pois não me dou muito bem com o inglês kkkkk(é uma das minhas metas de vida mudar isso), mas voltando ao livro, eu simplesmente amoooo sereias ♥♥♥
    Preciso muito ler esse livro e saber tudo o que vai acontecer :)
    Adorei.

    ótimo final de semana
    bjo

    Tati C.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tati!

      Esse livro é uma graça, você vai adorar, um enredo bem diferente de tudo, eu adorei! 💗💗💗
      Um fim de semana mara pra ti, beijoooo 😻😻😻

      Excluir
  3. não conhecia esse livro, e faz um tempinho que não leio nada de sereia , só sirena rsrrsrsrsrs. adorei, parece ser tão fofo e leve. beijos flor e adorei a cor do seu esmalte beijos

    Taynara Mello
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, o Galen é um Syrena, tem até um momento em que a Emma o chama de sereia e ele diz que seu povo detesta ser chamado de sereia. Então, nessa história, é basicamente a mesma descrição pra ambos.
      E sim, é uma leitura fofa e leve, li em dois dias.
      Gostou do meu esmalte? Obrigada! Não sou muito de usar esmalte escuro, muito menos cintilante, mas, saí da minha zona de conforto, rs!

      Beijoooo

      Excluir
  4. Olááááá Cecyyyyyyyy
    Ooowwwnnnnn afilhados são tão fofissss!!!!!
    VC vai deixar a sua até puxar seus cabelos vai ver só!
    Que livro fofiiiinho, não conhecia e acho que gostaria muito da leitura, por ser levinho, pelos protagonistas bem construídos e pela reviravolta na narrativa.
    Já fiquei curiosa :)
    Aaaaaahhhhhhh e também por ser do "seu povo" lembrei que vc é uma Sereia, ou seria "Cecyrena"?
    Pronto já mudei syrena para cyrena, ameeeei <3
    Bjooooo Luli

    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Luli! 🌸🌸
      Puxar meus cabelos? Ah, não! Tenho muito cabelo e ele é grande e enrolado, se ela meter os dedos aqui eles não saem mais, hahah!
      Sim, esse livro é gostoso, leve, a história é amarradinha, os personagens são todos muito carismáticos - até a Rayna, e olha quule eu tive vontade de estrangular ela várias vezes, rs - o Toraf é demais, mas o Galen... Aiai! Hahaha!

      Adoreeeeiiiii a referência "Cecyrena", hahahah! 🐚🐬🐙

      Beijoooo!!! 💗💗💗

      Excluir
  5. Ai preciso de um livro assim, meio sereismo sabe, não tenho nenhum, sua resenha tá ótima. Confundi voc~e com a cadelinha Dinda foi demais kkk, bjus Cecy.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Joyce!

      Menina, se você costuma ler e-books vice vai se fartar! Eu achei muitos livros sobre Sereias, tô curtindo essa minha fase!
      Já pensou quando a Helena aprender a falar e soltar um: "minha dinda cachorra?" Até explicar que focinho de porco não é tomada demora, ahahahahahah!

      Beijoooo 💖💖💖

      Excluir

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por